Água de reuso é opção para condomínio sustentável – SINDUSCON-SF
UTF-8
Sistema FIRJAN
MENUMENU

NOTÍCIAS

Água de reuso é opção para condomínio sustentável



Utilizar água de reuso é uma excelente opção para tornar um condomínio sustentável. Além da água da chuva, também é possível reaproveitar a água cinza, que é aquela água de reuso proveniente de banhos, máquinas de lavar roupa e lavatórios de banheiro. São as águas que não entraram em contato com águas negras, nome dado ao efluente com fezes e urina. A água usada na cozinha e nos vasos sanitários não conta como água cinza, devido às suas características.

Portanto, caso haja uma lavanderia e chuveiros que são frequentemente usados no condomínio, o reuso de água cinza pode ser viável. Os benefícios do reuso de água são diversos: além de representar uma solução sustentável para preservar os recursos do meio ambiente, também traz economia na conta de água no fim do mês e uma segurança para os moradores em caso de crise hídrica.

A água de reuso pode conter micro-organismos prejudiciais ao ser humano, além de sujeiras, oleosidade, suor, urina, químicos de sabão, amaciantes… O seu uso, portanto, deve ser restrito a certas atividades e pode ser necessário fazer o tratamento dessa água.

Como aproveitar a água de reuso

A água de reuso pode ser usada para fins não potáveis como: descargas de bacias sanitárias, limpeza de pisos e paredes, irrigação de jardins e árvores (somente se não houver cloro ou alvejante na água), limpeza de veículos (enxaguar com água limpa), reutilização na máquina para tecidos mais grosseiros – como tapetes e panos de chão.

Por outro lado, a água de reuso não pode ser usada para: tomar banho, beber ou cozinhar, dar banho em animais, irrigar hortas cujos alimentos serão consumidos, irrigar gramados usados para praticar esportes onde há contato da superfície com o corpo.

Reuso nos apartamentos

Aproveitar a água de reuso é um pouco mais difícil dentro dos apartamentos, já que em geral os prédios não possuem uma tubulação específica que separe a água negra da água cinza – e fazer a adaptação torna o investimento muito alto. O que pode ser feito é a coleta da água do chuveiro ou da máquina de lavar, pois a NBR 13969 de 1997 diz que essa água pode ser reutilizada em descargas de bacias sanitárias, passando apenas por uma desinfecção simples.

Reuso nas áreas comuns do condomínio

Se seu condomínio possui uma lavanderia e chuveiros coletivos que consomem uma grande quantidade de água, é viável a implantação de um processo de reuso mais complexo interligado com o sistema hidráulico dessas áreas.

O sistema hidráulico da água de reuso deve ser instalado de maneira totalmente independente do sistema de abastecimento de água potável e de esgoto. Os pontos de saída de água de reuso devem ser sinalizados e identificados diferentemente da água da chuva. Os funcionários que tiverem contato com o sistema devem receber instruções de manejo adequado.

O projeto será como uma estação compacta de tratamento de água de reuso (Etar) e funcionará com coletores, um sistema de tubulações verticais e horizontais para transportar o efluente dos chuveiros, lavatórios e máquinas de lavar para o local de armazenamento. O armazenamento ocorre em reservatórios até a água passar pelo tratamento e ser distribuída novamente para os locais em que pode ser reutilizada.

Existem diversos tratamentos para água de reuso que podem ser adotados em um condomínio sustentável, mas eles variam de acordo com o uso final da água, espaço disponível para instalação do sistema, volume a ser tratado, entre outras variáveis. Será necessária a contratação de uma empresa especializada para a instalação do sistema de reuso, analisar a situação do edifício e estimar os custos.

Ainda falta uma legislação oficial para regulamentar e padronizar a prática do reuso de água, quando houver um manual com orientações claras essa prática será facilmente aplicada, economizando recursos naturais e gastos com o tratamento de esgoto.

Veja o vídeo sobre o reuso de água cinza no banheiro.

Veja o vídeo sobre o reuso de água em um edifício.

Fonte: eCycle

Compartilhe: