SESI prorroga inscrições para vagas gratuitas de EJA para trabalhadores da indústria – SINDUSCON-SF
UTF-8
Sistema FIRJAN
MENUMENU

NOTÍCIAS

SESI prorroga inscrições para vagas gratuitas de EJA para trabalhadores da indústria


Foram prorrogadas até 31 de março as inscrições 1.500 vagas de Educação para Jovens e Adultos (EJA) do SESI, para trabalhadores da indústria e seus dependentes. A oferta é gratuita e voltada exclusivamente para a indústria: as empresas interessadas em aumentar a escolaridade de seus funcionários e dependentes podem obter informações e acessar o edital na página de EJA do SESI. As aulas acontecem em turmas dentro das empresas ou nos polos de EJA nas unidades Caxias, Volta Redonda, São Gonçalo e Santa Cruz.

O curso de EJA do SESI é estruturado para quem não pôde concluir o Ensino Médio no tempo regular. Pensado para atender à realidade dos trabalhadores da indústria, o currículo do curso é estruturado por competências e organizado de forma integrada por áreas de conhecimento. Este é um desenho técnico avançado de educação para adultos trabalhadores do século XXI. O programa é oferecido na modalidade semipresencial, conciliando o tempo de trabalho e de estudo: 40% em sala de aula, 40% de conhecimentos adquiridos no ambiente profissional e 20% em outros ambientes de estudo.

Outro diferencial é que a EJA do SESI utiliza uma metodologia de certificação e reconhecimento de saberes pré-existentes do adulto. O aluno pode receber certificação total ou parcial relacionada ao seu conhecimento – no segundo caso, ele dá continuidade aos estudos no curso de EJA do SESI. Além disso, o programa utiliza tecnologias educacionais inovadoras para auxiliar no processo de ensino e aprendizagem, como plataforma de estudos, sala de aula virtual e materiais didáticos digitais.

Para Andréa Marinho, diretora de Educação do Sistema FIRJAN, essa é a maior entrega recente de educação para a indústria. “A Educação de Jovens e Adultos do SESI é uma ação focada em melhorar a competitividade da indústria fluminense por meio da elevação da escolaridade de seus trabalhadores. Com metodologia e currículo desenvolvido especialmente neste sentido, vamos mudar o quadro de escolaridade dos trabalhadores da indústria do Rio”, aposta.

Para participar, as empresas industriais devem possuir vínculo de contribuição com o SESI e selecionar e encaminhar trabalhadores e/ou dependentes. As turmas devem ocorrer preferencialmente dentro da indústria e, neste caso, a empresa deverá indicar pelo menos 30 funcionários. Se a demanda da empresa for insuficiente para abertura de turma em suas instalações ou não houver infraestrutura para oferta internamente, a empresa poderá encaminhar os estudantes para turmas já existentes num dos polos de EJA do SESI: Duque de Caxias, São Gonçalo, Santa Cruz ou Volta Redonda.

As 23vagas ficam abertas até 31 de março de 2018. Para saber mais, acesse a página de EJA, onde também está disponível o edital completo.

Fonte: Sistema FIRJAN
Compartilhe: